AÇÃO JUDICIAL PARA GARANTIR REPOSIÇÃO NA PROGRESSÃO

A Diretoria de Assuntos Jurídicos do Sindifisco Nacional ajuizou ação ordinária com pedido de tutela de urgência, para que ocorra o reposicionamento dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil que nos últimos cinco anos não tiveram progressão com base na data de efetivo exercício, mas sim foram alvo de contagem diferenciada dos interstícios, o que vem ocasionando perda remuneratória dos Auditores.
No mérito da ação o Sindicato pede a procedência do pedido para que a Administração adote como critério regular para contagem do tempo para progressão a data de efetivo exercício e, por conseguinte, o reposicionamento de todos os substituídos em atividade, juntamente com o pagamento das diferenças decorrentes da recontagem.
\